Federação Nacional dos Sindicatos de Empresas de Recursos Humanos, Trabalho Temporário e Terceirizado

Guedes diz que reforma da Previdência deve ser aprovada em 60 dias - O Globo

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou ontem que a reforma da Previdência poderá ser aprovada em 60 dias. Além do otimismo com a tramitação da proposta, disse que os impostos no Brasil serão simplificados e, depois, reduzidos.

— Acreditamos que será aprovada (a reforma da Previdência) em 60 dias. O Senado fez uma comissão para acompanhar junto. Vamos ter uma surpresa positiva, ao contrário desse pessimismo que vemos por aí. Aclasse política estáà altura da responsabilidade que o momento exige. Acho que em 60 ou 90 dias vamos ter isso aprovado e entrar em uma agenda positiva — disse Guedes, em evento da Federação das Associações Comerciais de São Paulo (Facesp).

Quanto à simplificação dos impostos, o ministro minimizou o fato de a Câmara dos Deputados ter dado início à tramitação da reforma tributária. Segundo ele, com o avanço das discussões, haverá uma convergência das propostas.

Guedes defendeu ainda um choque de energia barata, lembrando que o gás no Brasil custa em torno de US$ 12 e, na Europa, em que não há reservas, US$ 7:

— Esse choque virá da quebra de dois monopólios. Primeiro, da Petrobras. Já estamos falando disso com o Ministério de Minas e Energia para quebrar o monopólio da exploração e, depois da distribuição. Hoje as distribuidoras dos estados têm o monopólio.

Últimas Notícias