Federação Nacional dos Sindicatos de Empresas de Recursos Humanos, Trabalho Temporário e Terceirizado

BNDES libera linha de R$ 30 mil a caminhoneiros - O Estado de S. Paulo

Caminhoneiros autônomos já podem recorrer ao BNDES para pedir empréstimos na linha BNDES Crédito Caminhoneiro, para financiar custos de manutenção. A linha foi anunciada em abril como parte do conjunto de medidas do governo federal para evitar paralisações semelhantes às ocorridas em maio do ano passado. Os juros ficarão, em média, em 12% ao ano.

Poderão recorrer ao crédito caminhoneiros autônomos e cooperativas de transporte. Como já havia sido anunciado em abril, os empréstimos não poderão passar de R$ 30 mil por cliente. As operações serão indiretas, ou seja, repassadas por bancos comerciais que operem com o BNDES – esses bancos ficam responsáveis pela aprovação do financiamento e pela exigência de garantias.

Caso um caminhoneiro pegue emprestado os R$ 30 mil de uma vez, com o prazo máximo para pagamento de dois anos e seis meses, incluindo a carência de seis meses, o financiamento resultará em 24 prestações mensais de R$ 1.483, nas contas de Filipe Pires, coordenador do MBA em Finanças do IbmecRJ. Ou seja, o custo total ficará em R$ 35.584,08.

Na avaliação da Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos (CNTA), o financiamento poderá ser um “respiro” ao setor.

Últimas Notícias