Federação Nacional dos Sindicatos de Empresas de Recursos Humanos, Trabalho Temporário e Terceirizado

Bolsonaro quer regras distintas na Previdência - Valor Econômcio

O presidente Jair Bolsonaro quer que a reforma da Previdência considere as diferenças regionais existentes no país. As regras de aposentadoria devem levar em conta as disparidades reveladas pela expectativa de vida. O exemplo citado é o do Piauí, onde a expectativa hoje é 69 anos, face à média nacional de 76.

Bolsonaro, segundo apurou o Valor, acha que será mais facilmente aprovada idade mínima de aposentadoria em 62 anos para os homens e 57 para as mulheres, com aumento gradativo até 65 anos, como propôs a equipe econômica. "O Brasil precisa e depende dessa reforma. Portanto, o presidente quer chegar o mais próximo do ideal, mas quer também que a emenda seja aprovada com a maior rapidez possível", diz um auxiliar. 

Últimas Notícias