cabecalho

Portas de Brasília   Destaques desta edição  

Notícias

Injustiça do PIS/COFINS
é debatida
Artigos

Adeus ao pleno emprego
por Gustavo Patu, jornalista
Publicado no jornal Folha de S.Paulo (20/01/2014)
‣ Leia a íntegra

Os obstáculos à negociação coletiva
por Alexandre Furlan,
Publicado no jornal O Estado de S.Paulo (23/01/2014)
‣ Leia a íntegra

Arrecadação tributária
recorde pode não se repetir

Editorial econômico do jornal
O Estado de S.Paulo (26/01/2014)
‣ Leia a íntegra

Análise Política
Quem vai levar a melhor?
Gaudêncio Torquato
Análise Econômica
A economia real
no país da fantasia
Luciano Ornelas
Mercado de Trabalho

SETOR DE SERVIÇOS EMPREGOU MAIS EM 2013
‣ Saiba mais

INDÚSTRIA DE SP ENCERRA ANO COM 36,5 MIL VAGAS A MENOS
‣ Saiba mais

61 MILHÕES ESTÃO FORA DA FORÇA DE TRABALHO
‣ Saiba mais

PAI TEM DIREITO A LICENÇA NOS CASOS DE ADOÇÃO
‣ Saiba mais

Palavra do Associado

Prezado associado, este espaço é seu. Ajude o Sindeprestem a lutar por seus direitos. Participe com críticas e sugestões sobre o setor de serviços.
Clique aqui e envie sua mensagem.

Serviços aos Associados

cartao

‣ saiba mais

E x p e d i e n t e

Presidente:
   Vander Morales
Diretora de Comunicação:
   Maria Olinda Maran Longuini
Produção Editorial:
   GT Marketing & Comunicação
Editor:
   Luciano Ornelas MTb 8.764

Repórteres:
   Danielle Borges MTb 46.993
   Giovanna Zanaroli MTb 47.378
Projeto e desenvolvimento:
   Ocre | Officina di Creativitá

 

 

 


 

 


CRÉDITOS PARA O PIS/COFINS
Receita Federal emitirá declaração para especificar compensação no setor produtivo.

NOVO MUNDO DO TRABALHO
Conferência anual da CIETT 2014 será nos dias 15 e 16 de maio, em Bruxelas, Bélgica.
   

SERVIÇOS EMPREGAM MAIS EM 2013
Setor manteve a liderança com 546.917 vagas com carteira assinada, segundo Caged.

 

QUEM VAI LEVAR A MELHOR?
Gaudêncio Torquato, professor da USP, analisa cenário e principais candidatos à eleição.
   
Carta do presidente    
Um ano promissor. Vamos em frente.
O Brasil foi surpreendido recentemente pela proposta mais absurda que poderia vir do Ministério do Trabalho e Emprego: liberar por meio de Medida Provisória a contratação de trabalhadores por curtos períodos de tempo sem registro em carteira. Incluída no pacote, vem a promessa do ministro Manoel Dias de que, mesmo com a dispensa do registro, todos os demais direitos serão mantidos, como pagamento de férias e benefícios previdenciários. Pergunto: como? Se não há registro, não há prova do vínculo. Quantos processos trabalhistas serão necessários até que percebam tamanha imprudência? Trata-   se de dar razão à informalidade. Um absurdo. Não podemos permitir que tal ideia seja levada adiante.
O documento da Medida Provisória deve prever a dispensa do registro para contratações limitadas a 14 dias seguidos, sendo o máximo de 60 dias ao ano. O pedido para a mudança teria partido sobretudo de empresas que atuam com turismo e eventos, em razão do aumento na demanda por conta da Copa de 2014. E o argumento do ministro para aceitar a sugestão foi o de que na legislação trabalhista não há suporte para situações como esta. Ora, deveria o MTE pesquisar a Lei 6.019/74, que abarca justamente contratações temporárias por curtos períodos de tempo.

Vander Morales
Presidente do Sindeprestem e da Fenaserhtt
   
Sindeprestem e Fenaserhtt na mídia
Veja as últimas inserções:


  • 07/01/2014 - Folha de S.Paulo -
    De temporário para permanente


  • 07/01/2014 - Jornal Estado de Minas (MG) - Comércio de BH deve absorver 12% dos temporários para a Copa
  • 13/01 - Sindeprestem - Site Salário BR - "Quem paga o quê com relação ao trabalhador temporário?"

  • 06/01 - Sindeprestem - Site Ticket e Gestão PME - "Emprego temporário abre porta para vaga efetiva"

  • 06/01 - Sindeprestem - Site RA Cidades - "Emprego temporário: como contratar dentro da lei?"

  • 02/01 - Sindeprestem - Site RA Cidades - "Emprego temporário: como contratar dentro da lei?"
  •      

    creditos

         
         

    CIETT 2014: O NOVO MUNDO DO TRABALHO
    ‣ Saiba mais

    CONVENÇÕES COLETIVAS 2013/2014
    ‣ Saiba mais

    PORTARIA E CONTROLE DE ACESSO
    ‣ Saiba mais

    PROMOÇÃO E MERCHANDISING
    ‣ Saiba mais

    ANUÁRIO DA AMÉRICA LATINA E CARIBE
    ‣ Saiba mais

    CONGRESSO CLETT&A NO BRASIL
    ‣ Saiba mais

    tarja
    Enquete

    A Lei Geral da Copa permite à União declarar feriados nos dias em que houver jogos da seleção brasileira durante o mundial e também nas cidades-sede quando partidas estiverem acontecendo.

    Qual é o impacto dessa resolução nos seus negócios?
    Alto
    Baixo
    Nenhum
    tarja

    Twitter

    Presidente Vander Morales está no Twitter. Veja as postagens mais recentes
    @VanderMorales

    Vander Morales
    Dia 25/02 estarei no Seminário Trabalhista promovido pela Amcham para falar sobre Terceirização http://migre.me/hIm1n

    Vander Morales
    19,5 mil temporários contratados para o Natal foram efetivados no país. Emprego formal, com direitos preservados. Isso é trabalho temporário

    Vander Morales
    Pesquisa do Sindeprestem mostra que 162 mil temporários foram contratados para o Natal. Lei 6.019/74 rege o setor #empregoformal

    Vander Morales
    Trabalhador Temporário tem os mesmos direitos de um funcionário celetista, exceto aviso prévio e multa de 40%. Não há informalidade!

     
     

     

     

     
    facebook twitter home