cabecalho

 
PORTAS DE BRASÍLIA   DESTAQUES DESTA EDIÇÃO  

NOTÍCIAS

Paulinho da Força (SD-SP) foi reeleito deputado federal com mais de 220 mil votos. Em entrevista ao Jornalpresstem, o parlamentar comenta quais são os planos para o novo mandato, o que pensa sobre a Terceirização e a política econômica do País

ARTIGOS


TERCEIRIZAÇÃO NO SETOR PÚBLICO
Por José Pastore, professor da
Universidade de São Paulo (USP)
Publicado no jornal O Estado de S.Paulo
(16/12/2014)

‣‣ Leia a íntegra

AS LEIS TRABALHISTAS PRECISAM
DE REFORMA

Por Vicky Bloch, professora da FGV e do
MBA de recursos humanos da FIA
Publicado no jornal Valor Econômico
(04/12/2014)
‣‣ Leia a íntegra

SINDICATOS E POLÍTICA
Por José Antonio Segatto, professor titular
de sociologia da UNESP
Publicado no jornal O Estado de S.Paulo
(10/12/2014)
‣‣ Leia a íntegra

UMA CARGA DESTRUIDORA
Editorial publicado no jornal O Estado
de S.Paulo (12/12/2014)
‣‣ Leia a íntegra

COMPETITIVIDADE E
DESENVOLVIMENTO LOCAL

Por José Ermírio de Moraes Neto, membro
do Conselho de Administração da
Votorantim Participações e presidente do
Instituto Votorantim
Publicado no jornal Folha de S.Paulo
(15/12/2014)
‣‣ Leia a íntegra

 

MAIS UM ANO TERMINA
‣‣ Clique e veja mais ...

IV PRÊMIO CEBRASSE
‣‣ Clique e veja mais ...


 
ESTADO DE DESCALABRO
Gaudêncio Torquato
 

A FARRA DO PAÍS QUEBRADO

Luciano Ornelas
 


EMPREGADORES PRETENDEM
CONTRATAR 8% MAIS EM 2015

‣‣ Saiba mais ...

INFLUÊNCIA DO DÓLAR NA MÃO
DE OBRA
‣‣ Saiba mais ...

CONSUMO EM BAIXA NO MÊS
DE DEZEMBRO
‣‣ Saiba mais ...

DESEMPREGO ENTRE OS JOVENS
É MAIOR
‣‣ Saiba mais ...

FGTS: DÉBITO PARCERLADO EM
ATÉ 60 MESES
‣‣ Saiba mais ...




   

ENTREVISTA - PAULINHO DA FORÇA
Terceirização: “O setor é importante e merece atenção especial por parte dos trabalhadores, empresários e governo”
 

CONTRIBUIÇÃO SINDICAL 2015
Prazo para recolhimento é até 31 de janeiro
   
..
     

O Projeto de Lei 4330/2004 escapou de uma gaveta do Congresso este ano, progrediu de comissão em comissão, mereceu debates acalorados e virou motivo de vigília e de ameaças de agressão por parte de integrantes das centrais sindicais. O mais importante é que, depois de alterações para acomodar todas as correntes, o PL avançou.

Mas voltou a adormecer. Afinal, 2014 foi ano de eleição e no segundo semestre o Parlamento ficou às moscas. Todos os assuntos de interesse do País aguardam a nova legislatura. Chegou o momento de mudar a história. 

O Congresso voltará revigorado, com uma bancada empresarial maior e mais forte, o que nos leva a renovar a esperança de dias melhores para todo o nosso setor em 2015, com a regulamentação da Terceirização e o aprimoramento da Lei 6.019 do Trabalho Temporário.

Sobre este assunto, esperamos o prometido comunicado do Ministério do Trabalho esclarecendo os absurdos contidos nas Instruções Normativas do final de 2014. Jamais aceitaremos aquelas limitações num setor tão importante para a geração de empregos.

Fato é que a economia brasileira não pode mais prescindir dos Serviços Especializados e do Trabalho Temporário. Não há ideologia ultrapassada, ou ameaça de agressão, capaz de conter o avanço dos meios produtivos num país democrático.

Pois até o governo do PT foi obrigado a ceder diante dessa força ao entregar a cabine de comando da economia a um banqueiro. Enfim, a realidade é sempre mais forte do que os interesses mesquinhos de “salvadores da pátria” dos trabalhadores.

Grande parte dos brasileiros precisa da Terceirização e do Trabalho Temporário para uma entrada decente no mercado formal de trabalho. De tudo isso resulta nossa grande esperança. Se 2014 foi um ano de desafios, 2015 será para superá-los. Que se mantenham confiantes todos os nossos associados, parceiros e amigos.


Feliz 2015!




As vantagens do trabalho temporário
Veja.com 06/12/2014


Trabalho temporário pode agora ser renovado por até nove meses
Jornal Extra – 24/11/2014

Nova regulamentação de temporários prevê qualificação e indenização
A Gazeta de Vitória – 18/11/2014

Agarre o emprego temporário de fim de ano
Portal R7 – Blog Julio Cardozo – 01/12/2014


Trabalho temporário: como aproveitar as oportunidades?
Canal Futura – 10/11/2014


Contratação de trabalho temporário: empresas X empregados
Folha de Campinas – Novembro/2014





MTE ESCLARECE
REGRAS PARA O
TRABALHO TEMPORÁRIO

‣‣ Leia a íntegra

CONVENÇÕES COLETIVAS
‣‣ Leia a íntegra

CONTRIBUIÇÃO SINDICAL
‣‣ Leia a íntegra

DIRETORIAS REGIONAIS
‣‣ Leia a íntegra

tarja


As Instruções Normativas divulgadas recentemente pelo MTE prejudicaram de algum modo o seu negócio?

Muito
Um pouco
Não atrapalhou
Não sei



tarja





tarja

O Twitter é uma das mais utilizadas redes sociais da atualidade para a troca rápida de informações. O presidente Vander Morales mantém um perfil no qual costuma comentar notícias relevantes para o setor de Serviços. Acesse: VanderMorales

Abaixo, algumas das postagens mais recentes:

‣‣ “Trabalho temporário é porta para o mercado. Permite que o jovem tenha uma primeira experiência profissional, aprenda na prática. É real.”

‣‣ “Empresas de trabalho temporário estão fechando as portas! É grave. Empregos deixarão de ser gerados @TrabalhoGovBr”

‣‣ “O próximo ano promete novos desafios. Estejamos preparados e com o ânimo renovado. É dos tempos de crise que surgem as oportunidades!”

‣‣ “Na última sexta-feira, 28, muitos amigos e parceiros nos prestigiaram no jantar de confraternização do Sindeprestem. Obrigado pela presença!”

 

creditos
facebook twitter home
facebook twitter home