cabecalho home facebook twitter home

 
PORTAS DE BRASÍLIA   DESTAQUES DESTA EDIÇÃO  

NOTÍCIAS

O presidente do Senado, Renan Calheiros, promoveu no último dia 19 de maio uma sessão temática para debater o texto do Projeto de Lei 4.330/2004, aprovado pela Câmara dos Deputados no mês passado. Agora, o marco regulatório para a Terceirização – PLC 30/2015 - está nas mãos dos senadores. Representantes tripartites estiveram presentes para manifestar opinião sobre a proposta de lei para o setor ... 

ARTIGOS


A CONFUSÃO DA TERCEIRIZAÇÃO
Por Monica Baumgarten de Bolle,
economista e doutora pela London School
of Economics
Publicado no jornal Folha de S.Paulo –
21/05/2015

‣‣ Leia a íntegra

TERCEIRIZAÇÃO: CAUSAS E
CONSEQUÊNCIAS

Por Ricardo Amorim, economista e
apresentador do Manhattan Connecti
on
Publicado na revista Isto É – 15/05/2015
‣‣ Leia a íntegra

PT AGRAVA IMPASSE
Editorial do jornal O Estado de S.Paulo
Publicado em 26/05/2015
‣‣ Leia a íntegra

AS DEMISSÕES NAS FÁBRICAS
Editorial do jornal O Estado de S.Paulo
Publicado em 22/05/2015
‣‣ Leia a íntegra

PALAVRAS E FATOS
Por Antonio Delfim Netto, ex-ministro da
Fazenda e economista
Publicado no jornal Folha de S. Paulo –
13/05/2015
‣‣ Leia a íntegra

 

PROGRAME-SE!
Reunião da Câmara Setorial do Trabalho
Temporário será em 18 de junho

‣‣ Clique e veja mais ...


O CARÁTER DO BRASILEIRO
Gaudêncio Torquato
 

O PROJETO CERTO NA HORA ERRADA

Luciano Ornelas
 


ESTUDO DESMENTE DIFERENÇA
SALARIAL DE TERCEIRIZADOS

‣‣ Saiba mais ...

SETOR DE SERVIÇOS TEM LEVE
RECUPERAÇÃO

‣‣ Saiba mais ...

OIT ALERTA PARA DESEMPREGO
CRESCENTE EM 2015

‣‣ Saiba mais ...

DESEMPREGO CHEGA A 6,4%
EM ABRIL

‣‣ Saiba mais ...

MAIS CANDIDATOS DO QUE VAGAS
‣‣ Saiba mais ...

ESTÁGIO EM EMPRESAS PARA
MAIORES DE 35 ANOS

‣‣ Saiba mais ...






EM BUSCA DO MARCO REGULATÓRIO
Senado discute Terceirização em sessão temática

   

ENTREVISTA
Estudo da Fiesp desconstrói argumento de
diferença salarial

 

PERGUNTAS E RESPOSTAS
Cartilha elucida principais dúvidas sobre PL 4330
   
..
     

A campanha contra a Terceirização no País às vezes ganha ares de absoluto non sense: tenta-se convencer os parlamentares com mentiras e manipulações grosseiras. Como nem todos se dão ao trabalho de ler e estudar o PL 4.330/2004, alguns ainda são levados a crer nas fantasias criadas pelos opositores. Mas, no fim, a verdade prevalecerá, pelo bem da economia brasileira, pelos 13 milhões de trabalhadores terceirizados no País e para a atividade como um todo.

Uma das mentiras é sobre a diferença salarial entre trabalhadores fixos e terceirizados; alegam quem esses ganham muito menos e sofrem muito mais acidentes. Nada mais falso. Para começar, tomam como base as categorias normalmente com rendimento menor e alta carga horária, como telemarketing, limpeza e segurança, quase um terço da mão de obra terceirizada.

Isso cria uma distorção, segundo estudo da Federação de Indústrias de São Paulo (Fiesp), com base nos dados do Ministério do Trabalho. Quando isolado esse grupo e comparados somente os salários dos outros dois terços de terceirizados com a média da remuneração de contratados, fica claro que não há diferença substancial de salários nem de horas trabalhadas. Enquanto os funcionários contratados recebem em média 2.270 reais, o grupo de terceirizados não típicos recebe em média 2.264 reais.

Na indústria da transformação, os terceirizados chegam a receber mais do que os contratados - a diferença salarial nesse caso chega a quase 10% e o número de acidentes no trabalho é menor entre os terceirizados. O mesmo vale para o setor da construção, que registra mais mortes entre contratados do que terceirizados, ao contrário do que diz um estudo da CUT/Dieese. Mais da metade dos terceirizados da construção tem grau de instrução que varia de ensino médio completo até superior completo, enquanto nos contratados este número alcançava somente 38% do total. A melhoria na qualificação dos trabalhadores é um dos efeitos esperados com a aprovação do PL no Senado. 
 
Por tudo isso, acreditamos que as mentiras cairão por terra. Vamos trabalhar e torcer pela vitória do bom senso.



Dia das Mães deve abrir 32,5 mil vagas temporárias no país
G1 – 05/05/2015


 Datas comemorativas podem promover cerca de 32 mil vagas temporárias
Rádio Nacional de Brasília – 04/05/2015


Dia das mães deve abrir 32,5 mil vagas temporárias
Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo
05/05/2015


Mães vão ganhar presentes entre
R$ 30 e R$ 15
0

O Tempo (BH) – 07/05/2015

32,5 mil vagas de emprego temporário são esperadas para o Dia das Mães
Tribuna da Bahia – 02/05/2015

Dias das Mães pode abrir 32,5 mil vagas temporárias
A Tribuna – 04/05/2015



.....

CONVENÇÕES COLETIVAS
DE TRABALHO

‣‣ Leia a íntegra

PERGUNTAS E RESPOSTAS
‣‣ Leia a íntegra

SEGUNDA EDIÇÃO DO
“TROCANDO IDEIAS
E-SOCIAL” DEBATE
DETALHES DO SISTEMA

‣‣ Leia a íntegra

MAIS DE 30 MIL
TRABALHADORES
TEMPORÁRIOS NO DIA
DAS MÃES

‣‣ Leia a íntegra

DIRETORIAS REGIONAIS
‣‣ Leia a íntegra

tarja



A taxa de desemprego atingiu em abril o maior percentual para o mês desde 2010, chegando aos 6,4%. A sua empresa já sente algum efeito da crise econômica?

Sim, por enquanto pouco impactada
Sim, muito impactada
Não houve nenhuma retração por enquanto






tarja

O Twitter é uma das mais utilizadas redes sociais da atualidade para a troca rápida de informações. O presidente Vander Morales mantém um perfil no qual costuma comentar notícias relevantes para o setor de Serviços. Acesse: @VanderMorales

Abaixo, algumas das postagens mais recentes:

‣‣ “OIT alerta: desemprego vai crescer no Brasil em 2015. No ano passado, no mundo, 201 milhões de pessoas não tinham emprego”

‣‣ “Falta de informação sobre a prestação de serviços especializados assusta. Muitos não sabem o que é terceirização e querem discutir”

‣‣ “A TV Senado disponibilizou videos da sessão de ontem sobre a terceirização. Sempre digo: informação nunca é demais. http://migre.me/pWJOm

‣‣ “Um importante passo foi dado pelo Brasil com a aprovação do projeto que regulamenta terceirização. Apenas o começo, mas uma grande vitória”


 

creditos
home facebook twitter home
facebook twitter home