cabecalho home facebook twitter home
     

Foi um ano de muita batalha, de muita conversa de bastidor, de muita reunião com autoridades do governo e com parlamentares. O importante é que encontramos sempre portas abertas para o diálogo e para nossas reivindicações. Valeu a pena, pois sentimos que as mudanças entraram num caminho sem volta e todos nós do setor podemos agora renovar as esperanças para 2016, seja na aprovação com aperfeiçoamentos do PLC 30/2015, na modernização da Lei 6.019 para abrir novas frentes para o Trabalho Temporário ou em outras medidas econômicas que facilitem a vida do empresário neste momento difícil pelo qual passamos.

 

Apesar deste ano de más notícias –, com a recessão que nos pegou em cheio, inflação alta e o desemprego em disparada, trilhamos um caminho menos espinhoso. Afinal, o asfalto para aprovação do PLC 30 no Senado está posto; em encontro com representantes do segmento, vários senadores assumiram o compromisso público com a aprovação do projeto que regulamenta a Terceirização.

Não aquele compromisso vago de palanque, mas a crença de que este modelo é o melhor para a economia brasileira, a ferramenta certa para o setor produtivo. Chegou a hora de regulamentá-lo.

Neste lado está também o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro, que prometeu convencer outros setores do governo da importância da Terceirização para a economia brasileira. Além disso, o horizonte está mais claro para o Trabalho Temporário e as frentes estão abertas para a modernização da Lei 6.019.

Com muito diálogo, mostramos que o Trabalho Temporário é uma excelente saída para a abertura de vagas em momentos de crise. Em um horizonte sombrio para o mercado de trabalho, o governo terá de rever seus conceitos nessa área. O segmento crescerá sem os garrotes que hoje impedem sua expansão. 

Por isso, vislumbramos uma sensível melhora no ambiente de negócios para o Trabalho Temporário, ao lado da expectativa crescente de aprovação do PLC da Terceirização. Portanto, otimismo e muita esperança para 2016.


Um Feliz Ano Novo para todos.



TERCEIRIZAÇÃO NO PAÍS, PROFISSIONAL
E COMPETENTE

ABRH Brasil – 24/11/2015

VAGAS TEMPORÁRIAS VÃO EXIGIR MAIOR PREPARO
O Estado (MS) – 27/11/2015

COMÉRCIO SANJOANENSE ABRE
VAGAS TEMPORÁRIAS
O Município - 26/11/2015

CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DEVE CAIR 35%
NO FIM DE 2015 ANTE 2014

Rondônia em Pauta – 24/11/2015

CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA TEM QUEDA DE 35%
Supermercado Moderno – 30/11/2015


 


SINDEPRESTEM E FENASERHTT RECEBEM PARCEIROS E AMIGOS EM ALMOÇO DE CONFRATERNIZAÇÃO

José Pastore foi homenageado por sua contribuição ao setor de Serviços


CÂMARA SETORIAL DE TRABALHO TEMPORÁRIO ENCERRA ANO COM LANÇAMENTO DE CARTILHA
Cinco mil exemplares serão distribuídos


VANDER MORALES COBRA DA RECEITA FEDERAL SOLUÇÃO PARA PIS E COFINS
NO TRABALHO TEMPORÁRIO

Setor privado teme que reforma do PIS/Cofins aumente os tributos em vez de simplificar


ISS: CARTILHA ESCLARECE DÚVIDAS DOS EMPRESÁRIOS
Conteúdo está disponível no site do Sindeprestem